Índice
 Caracterização
História
Postas&Pescada
Gastronomia
Cantinho do leitor
 Notícias

 Subscreva a newsletter 
 Acesso ao alvegamail 
 info@alvega.info  
   
     
   Caracterização
  Alcaravela

Alcaravela é a mais extensa freguesia do concelho, ocupando uma superfície de trinta e três quilómetros quadrados. Conjuntamente com Sardoal, foi uma das duas freguesias fundadoras do concelho.

Terra antiquíssima, já presente no Cadastro Geral do Reino de 1527, com 58 moradores, foi objecto de referência na carta de demarcação do termo do concelho do Sardoal, dada por D. João III a 10 de Agosto de 1532, em Lisboa.

Na “Corografia Portuguesa”, de 1706, o Pe. António Carvalho da Costa diz o seguinte de Alcaravela: “Que este termo tem uma igreja paroquial da invocação de Santa Clara, priorado de Malta, a quem pertencem os dízimos e a terça é dos Bispos da Guarda que visitam somente o corpo da igreja, a que não obrigados a consertar os fregueses; e a capela-mor é de Malta e corre por conta do prior e é visitada pelo visitador do priorado do Crato. Que esta igreja está situada no lugar de Alcaravela, que tem 120 vizinhos que povoam muitos casais e uma ribeira no Casal de Vale Formoso, com duas azenhas, um lugar de azeite e dois pisões”.

Em tempos remotos, existiram nesta terra comunidades humanas, afirmação produzida face aos inúmeros vestígios arqueológicos achados na região, o que não causa grande estranheza, pois toda a zona foi habitada pelos mais antigos povos.

Se é verdade que por todo o concelho abundam os lugares de grande interesse turístico, não o é menos que Alcaravela pode ser incluída nesse grupo. A área da ribeira do Cabril, por exemplo, é de uma invulgar beleza. Das suas margens, sobem montes imensos, conhecidos no século XVIII como Montes de Vilhena.

Segundo a tradição, aí existiu uma povoação pré-histórica, cenário de lendas relacionadas com as moiras encantadas e os seus tesouros. Muito perto, as ruínas de um lagar, que funcionava com duas varas de grande dimensão. Um notável exemplo da arqueologia industrial. A preservar. Espectáculo inolvidável é aquele que pode ser visto numa fraga: a nascente da água que abastece a Fonte da Rosa, junto dos lavadouros públicos da Presa.

Alcaravela possui dois templos, a igreja paroquial, cujos santos são Santo António e Santa Clara, e a Capela da Nossa Senhora das Necessidades e da Luz.

A igreja matriz, inaugurada em 21 de Setembro de 1924 e dedicada aos santos acima referidos, foi erigida no local onde estava a antiga igreja. Deve-se realçar, do seu recheio, uma cadeira de couro de meados do século XVIII.

A religiosidade da população de Alcaravela não se limita ao culto silencioso dos santos da sua devoção. Alarga-se aos grandes festejos que anualmente realiza em sua honra. É o caso das festas de Santo António e de Santa Clara, no terceiro fim-de-semana do mês de Agosto, e a Nossa Senhora das Necessidades e da Luz, no primeiro fim-de-semana de Setembro, no lugar da Presa.

Para além das suas belezas naturais, bem caracterizadas anteriormente, merecem uma palavra alguns valores arquitectónicos de interesse: as Fontes dos Panascos, do Casal Velho, do Chafurdo ou do Sanguinhal (em algumas das quais a água já vai rareando) e, numa edificação que resume o que de mais importante existe na freguesia: o Museu Rural de Alcaravela. Aí, é possível encontrar variadas peças de artesanato utilitário e objectos cuja antiguidade é evidente. o cântaro, o púcaro, as rodilhas, os pratos e as folhas de papel, que representam alguns dos testemunhos da arquitectura popular e de todo um conjunto etnográfico que se vai perdendo “no lento morrer dos dias”.

As actividades económicas de Alcaravela repartem-se pela agricultura e por alguma indústria. O artesanato é ainda uma realidade em algumas dessas actividades. As diversas associações aqui existentes têm ajudado a dignificar a cultura da sua terra e a divulgá-la entre o povo.

Foi figura ilustre da freguesia o Dr. João Serras e Silva, nascido em 15 de Janeiro de 1868. Teve uma fulgurante carreira universitária, tendo sido o responsável pela organização de vários congressos.

Fonte: Anafre  —  2002-06-08 Topo da página
Todos os artigos de Caracterização
Imprimir artigo
Recomendar artigo

 

 
 
Contactos úteis  
Imagens da região  
Roteiro turístico 
Dossiers da Região 
Curiosidades 
Meteorologia 

O TEMPO
Estado do tempo na região de Alvega
20°
Muito nublado
 

© 2002, 2017 - alvega.info

O projecto alvega.info

Access denied for user 'abrantes'@'%' to database 'alvega'