Índice
 Caracterização
História
Postas&Pescada
Gastronomia
Cantinho do leitor
 Notícias

 Subscreva a newsletter 
 Acesso ao alvegamail 
 info@alvega.info  
   
     
   Postas&Pescada
  Multem-me, se faz favor...

Estando eu a beber a minha imperial no “Manel Madrinha”, fui chamado à rua por alguém que me vinha avisar que a Brigada de Trânsito estava lá fora à espera para me multar. Assim mesmo! Dei o último trago na cerveja e preparei-me para enfrentar a autoridade e a minha transgressão. E era verdade. De facto, os senhores guardas da BT estavam lá fora, dentro do carro, a passar-me o bilhetinho da ordem. Aproximei-me, mostrei os meus documentos a pedido destes e, ingénuamente, perguntei por que estava a ser autoado sr. guarda. E respondeu-me um deles com outra pergunta, “Não tinha sítio onde estacionar o carro, a não ser em cima do passeio?”, e olhei para o sinal, e em volta, onde havia muitos lugares, dezenas de lugares no estacionamento/praça da república. E desisti, e disse boa noite srs. guardas, e fui-me embora.

Ora aí está! Viva o progresso, a BT e quem mais se lembrou de colocar todos aqueles sinais de estacionamento proibido e sentido obrigatório e passadeiras de peões que ninguém utiliza, mas que ficam muito bem, aqui e além em redor da praça!

Além disso sempre tem a vantagem de cada vez que a BT passa por Alvega, dá uma voltita rápida pela praça e sempre apanha um ou dois energúmeros desrespeitadores das regras do código da estrada. Bem feito! Não demora nada e o estado agradece. Muito obrigado sr. papalvo.
Numa terra sem emprego, perpectivas de vida, com a população em decréscimo, sem infra-estruturas desportivas e sociais, pelo menos não nos podemos queixar! Temos sinais de trânsito com fartura! E bonitos, daqueles todos reflectores e que brilham à noite e quem têm todo o aspecto de terem custado uma pequena fortuna. E devem ter custado, pelo menos pela quantidade que foi semeada pela freguesia.

E pergunto-me: para que servem tantas regras numa aldeia? Em Alvega não se buzina enquanto se espera que o vizinho vá buscar o pão à mercearia ou beba o café num instantinho. Até conheçemos o carro e o dono, e enquanto esperamos, dizemos bom dia a quem passa e sabemos as últimas da terra ou do futebol. E ninguém passa nas passadeiras ou nos passeios da praça porque não há trânsito, e a praça é de todos. Ninguém se zanga porque não existe razão para tal. Em Alvega é assim e sempre será assim, independentemente de regras ou sinais impostos por quem não sabe melhor o que fazer pela terra..

Mas agora, pronto! Todas as ruas têm um sinal de trânsito. Sentido proibido, com prioridade, sem prioridade, aproximação de estrada com prioridade, não virar á esquerda, cuidado com a direita, etc, etc.

Parece que estou a ver a cena. Chega-se o Ti Manel junto do presidente da junta e queixa-se de que a rua precisava de ser alcatroada, pois o inverno aproxima-se e torna-se um lamaçal e é uma porcaria entrar assim para casa com os pés cheios de lama, ‘tá a ver, sr. Presidente?, e este responde: ó Ti Manel... sabe, isto ‘tá mau, não há fundos... mas olhe! Tome lá um sentido proibido!

Major Alvega  —  2002-06-19 Topo da página
 

Todos os artigos de Postas&Pescada
Imprimir artigo
Recomendar artigo

 

A seccão Postas&Pescada é um espaço aberto á participação de todos e não representa necessariamente a opinião dos autores do alvega.info, sendo a responsabilidade dos textos aqui publicados unicamente dos respectivos autores.

Se quiser participar e partilhar a sua opinião com os leitores do alvega.info, poderá enviar os seus textos para o endereço de e-mail: postas@alvega.info.

Os autores do alvega.info reservam-se o direito de não publicar na íntegra os textos enviados.

 Comentar artigo  

Não existem comentários a este artigo

 
 
Contactos úteis  
Imagens da região  
Roteiro turístico 
Dossiers da Região 
Curiosidades 
Meteorologia 

O TEMPO
Estado do tempo na região de Alvega
20°
Muito nublado
 

© 2002, 2017 - alvega.info

O projecto alvega.info

Access denied for user 'abrantes'@'%' to database 'alvega'